fbpx
Autores

Mais vendidos

Lançamento: A confiabilidade histórica dos Evangelhos

Muitos ainda acreditam que somente uma pequena porcentagem dos relatos do Novo Testamento sobre a vida e os ensinos de Jesus é digna de confiança.

Entre as várias razões para o ceticismo ao longo dos anos, uma das mais persistentes são: a ideia de que os Evangelhos não foram escritos por pessoas em condições de ter informações precisas sobre Jesus.

Apesar de parecerem bem estruturadas, esta e outras afirmações são frágeis e já foram refutadas.

A confiabilidade histórica dos evangelhos  inicia examinando os vários métodos de crítica histórica que têm sido aplicados aos Evangelhos.

Escrevendo como historiador, Craig Blomberg não apela para a inspiração da Bíblia ou para a tradição da igreja para construir seu argumento.

Em vez disso, vale-se das diferenças entre relatos paralelos do mesmo acontecimento, do contraste marcante entre João e os Evangelhos Sinóticos, do interesse teológico dos Evangelistas, dos milagres de Jesus, do testemunho de fontes extrabíblicas e de uma avaliação crítica dos métodos históricos para demonstrar — de modo convincente — a confiabilidade histórica dos Evangelhos e, assim, apresentar uma resposta aprofundada e bem embasada às principais questões suscitadas nos recorrentes debates.

Adquira já o seu exemplar.

Comentários

  1. Meu ponto de vista é que existem três classes de pessoas: os céticos, os ignorantes e os que realmente tem conhecimento teológico e histórico.

    por Wanderley Prado Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *